sábado, 16 de junho de 2012

Uma dose de romance na acidez do mundo


Por que estás tão longe? O que te faz permanecer a tantos passos deste lugar? Aproxima. Vem aqui e diz que sim, sorri em mim. Diz que me quer, que sente minha falta. Diz e me tem pra ti, que te tenho pra mim, que nos temos apenas para nós entre nós mal feitos numa corda escorregadia que resvala entre meus dedos. Enrola em nossos espectros, faz laços bonitos em nos abraços fugazes, então os eterniza. 

Entra em meu olhar e redescobre o descoberto, lê as palavras embaralhadas, avulsas, soltas entre linhas desconexas e entende o que de meus lábios não sai. Escuta o som que não consigo soltar, então repete-o em voz alta. Pergunte o que quiser e confirmarei mesmo que em sussurros, em sorrisos, em batidas aceleradas de um órgão que deveria aquietar ao teu lado, mas que apenas grita e me assusta. 

Segura a corda com força enquanto puxo para mais perto e acompanha o caminho. Pode vir devagar, não me importa. Mas vem. Vem, porque o meu coração, que não silencia ao teu lado, canta de um jeito que me alegra quando tu apareces. Vem, porque a quietude do meu interno quando estás distante não me apetece. Vem, porque te espero e, por enquanto, te quero. Quero enquanto os deslaces forem para reajustes, para descartarmos nós cegos e firmarmos um entrelace entre promessas de um encontro no meio de uma corda forte. Quero enquanto posso te ver aí do outro lado, segurando do teu jeito meio bobo o que nos une. Então, vem logo e faz meu coração gritar enquanto cala meus lábios com o toque dos teus.

4 comentários:

  1. Adoreii!!! Lindo mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Gostei, apesar de ter entendido apenas algumas coisas por causa das palavras formais uahauhahu, gostei muito, parabéns !

    ResponderExcluir

Leia mais em : http://anjodosblogss.blogspot.com/2011/01/como-bloquear-o-copiar-colar-no-blog.html#ixzz1uiJkywxX Leia mais em : http://anjodosblogss.blogspot.com/2011/01/como-bloquear-o-copiar-colar-no-blog.html#ixzz1uiJkywxX